Como abrir uma conta bancária em Espanha?

Precisar de abrir uma conta bancária em Espanha? Quer já viva no país ou esteja a pensar mudar-se num futuro próximo, ter uma conta bancária pode ser um passo essencial, mas também um processo complicado que vamos, em seguida, desconstruir.

Ao longo deste artigo vai poder perceber como abrir uma conta em Espanha e se é possível fazê-lo à distância. Também terá a oportunidade de conhecer todos os documentos necessários para o processo, avaliar as várias opções à sua disposição e compará-las com soluções alternativas e de fácil acesso, como a Wise ou a Revolut. Continue a leitura para saber tudo!

Descubra a WiseOutros provedores disponíveis

De que documentos preciso?

A documentação requerida pelos bancos espanhóis para abrir uma conta varia, mas estes são os documentos pedidos com mais frequência:

  • Passaporte e NIE (Número de Identidad de Extranjero) ou DNI (Documento Nacional de Identidad - equivalente ao cartão de cidadão português);

  • Comprovativo de morada;

  • Comprovativo de situação laboral

  • Certificado de não-residente (quando aplicável)

Caso não tenha residência oficial em Espanha e não possua NIE, deve solicitar um certificado de não-residente numa esquadra da polícia espanhola ou junto dos serviços de imigração. Para pedir o certificado de não-residente, denominado oficialmente Certificado de No Residencia, deve apresentar um passaporte válido.

Ainda assim, alguns bancos aceitam o cartão de cidadão português como documento de identificação, por isso pode sempre contactar diretamente o banco para perceber se o certificado de não-residente é mesmo obrigatório.

Evite a burocracia com soluções alternativas como a Wise ou a Revolut

No início da sua aventura em Espanha, é normal que ainda não tenha todos os documentos necessários para abrir uma conta num banco espanhol. Mas existem soluções alternativas, como a Wise ou a Revolut, que lhe permitem abrir uma conta multimoeda, de forma simples e prática, online.

As contas da Wise e da Revolut podem ser abertas online sem custos e são uma boa opção para os seus primeiros tempos em Espanha. Permitem gerir o seu saldo em euros e noutras moedas, dando-lhe a opção de fazer pagamentos e levantamentos com cartão em Espanha, Portugal e muitos outros países.

Pode abrir uma destas contas ainda antes de chegar a Espanha, para depois ter a tranquilidade de poder fazer as suas operações financeiras no estrangeiro sem custos exagerados.

Abra a sua conta WiseDescubra outros provedores disponíveis

Como abrir uma conta bancária em Espanha

O processo de abertura de conta bancária em Espanha é bastante similar ao que acontece em Portugal: há já vários bancos a oferecer a possibilidade de abrir uma conta online, enquanto outros requerem a presença física numa das agências do banco.

Caso pretenda abrir a conta bancária num balcão, deve levar consigo todos os documentos necessários. Se a abertura for feita online, por norma os documentos são digitalizados ou apresentados durante uma videoconferência com um profissional do banco.

É possível abrir uma conta em Espanha a partir do estrangeiro?

Sim, é possível abrir uma conta a partir do estrangeiro sem ter residência em Espanha, mas o processo implica alguma burocracia e muitas vezes custos superiores junto do banco.

Assumindo que não está em Espanha nem tem nacionalidade ou residência espanhola, deve começar por verificar se o banco onde pretende abrir conta requer um certificado de não-residente. Se assim for, deve solicitar o seu certificado de não-residente através da embaixada ou consulado de Espanha, que por sua vez encaminhará o pedido à Comisaría General de Extranjería y Fronteras.

Os bancos espanhóis que oferecem contas específicas para estrangeiros e não-residentes são os seguintes:

  • Bankinter

  • BBVA

  • CaixaBank

  • Santander

  • Sabadell

Este tipo de conta pode ter taxas de manutenção elevadas. Nesses casos, deve considerar as contas da Wise ou da Revolut como alternativa, que podem ser criadas rapidamente online sem necessidade de certificado de não-residente ou outros documentos de difícil acesso.

Qual a melhor conta em Espanha para estrangeiros?

ServiçoWiseRevolutBBVASabadellSantander
Abertura antes de chegar a Espanha✅*✅*✅*
Abertura de conta online
Possibilidade de guardar moeda estrangeira
Taxa de abertura0 €0 €0 €0 €0 €
Taxa de manutenção0 € 

0 € - 13,99 € / mês

0 € - 40 € /trimestre

0 € - 40 € /trimestre

0 € - 16 €/mês
Transferências SEPA0,37 €0 €0 €0 €0 €
Transferências internacionaisA partir de 0,41%

0% - 2,5%

0,60% (custo mínimo de 18 €)0,75% (custo mínimo de 22 €)0,70% (custo mínimo de 20 €)
CartãoCartão de débito internacionalCartão de débito internacionalCartão de débito e cartão de créditoCartão de débito e cartão de créditoCartão de débito e cartão de crédito

*poderá necessitar de passar uma procuração a alguém que resida em Espanha, para o representar junto do banco.

**estes bancos permitem abrir conta online, mas a conta específica para não-residentes pode não estar abrangida por esta política, dada a sua especificidade.

Existem várias contas para não-residentes em bancos espanhóis, mas como é possível observar na tabela elas podem ter custos consideráveis. As taxas de manutenção das contas do BBVA, Sabadell e Santander são apresentadas com um intervalo porque o valor mais baixo corresponde às contas para residentes e o mais alto para não residentes.

Para além dos custos de manutenção, também as transferências internacionais dos bancos tradicionais tendem a ser caras, com custos mínimos de pelo menos 18 € nas contas analisadas. Alternativamente, as contas multimoeda da Wise e da Revolut oferecem opções mais rápidas e competitivas para as remessas internacionais, com o bónus de permitirem guardar várias moedas numa só conta.

Wise

A conta multimoeda da Wise pode ser aberta em poucos minutos online, a partir de Portugal, Espanha ou outro país, sem qualquer custo de abertura ou manutenção. Esta conta permite guardar e converter mais de 50 moedas diferentes, para além de ter um cartão de débito internacional associado, o que a torna uma boa opção para quem viaja com frequência.

É possível guardar simultaneamente euros, libras ou dólares, entre muitas outras moedas, e como a Wise recorre sempre a taxa de câmbio comercial, as operações cambiais tornam-se muito mais transparentes e baratas.

Abra a sua conta Wise

Revolut

A conta da Revolut também é uma conta multimoeda, sem custos de abertura. Pode guardar e gerir o seu saldo em 30 moedas, um número inferior ao da Wise, mas ainda assim considerável (incluindo euros, libras e dólares americanos).

Existem quatro planos de conta: o plano de entrada é gratuito e os restantes implicam uma mensalidade entre os 2,99 € e os 13,99 €. Quanto mais caro o plano, maior o número de funcionalidades incluídas gratuitamente. Esta conta está disponível em Portugal, Espanha e muitos outros países.

BBVA

No BBVA pode optar pela Cuenta Online caso tenha residência em Espanha, ou pela Cuenta Nómina Va Contigo se não for residente. A Cuenta Online não tem custos de abertura ou manutenção, dá direito a um cartão de débito sem comissões e permite fazer transferências SEPA de forma gratuita.

A Cuenta Nomina Va Contigo também pode ser isenta de custos de manutenção, mas para isso tem que domiciliar um salário superior a 800 €, uma pensão superior a 300 € ou receber pelo menos 2500 € em transferências por trimestre.

Sabadell

A conta do Sabadell para não-residentes chama-se Key Account e tem uma comissão de manutenção de 40 € por trimestre, que por sua vez dá acesso a um pacote pré-definido de serviços. Esse pacote inclui transferências SEPA gratuitas dentro da União Europeia, um cartão de débito e um cartão de crédito.

Se tem residência em Espanha pode optar pela conta à ordem tradicional do Sabadell, que pode ficar isenta de custos de manutenção, se contratar outros serviços junto do banco, como créditos ou seguros, ou tiver menos de 30 anos de idade.

Santander

No Santander também tem várias opções de conta, conforme a sua situação de residência: a Cuenta Mundo no residentes, para quem não reside em Espanha como o próprio nome indica, ou a Cuenta Online para quem já tem residência.

A conta online para residentes não tem custos de manutenção e inclui transferências SEPA gratuitas, bem como um cartão de débito sem comissões. Já a Cuenta Mundo no residentes implica uma taxa de manutenção de 16 € por mês, com as restantes condições a serem semelhantes às da conta online.

Os custos de uma conta num banco espanhol

Como é possível perceber na secção anterior, existem várias opções de contas bancárias em Espanha sem custos de abertura ou manutenção, que incluem também transferências SEPA gratuitas e um cartão de débito sem comissões de emissão. No entanto, este tipo de conta dificilmente está disponível para não-residentes, que por norma têm de pagar taxas de manutenção consideráveis para aceder a uma conta.

Algo que deve ter em atenção em Espanha diz respeito aos levantamentos de dinheiro: ao contrário do que acontece em Portugal, através do sistema multibanco, os levantamentos em Espanha implicam frequentemente comissões, quando são feitos numa caixa automática que não pertence ao seu banco. Outro aspeto a ter em conta diz respeito às transferências internacionais, feitas através de um banco tradicional, que podem implicar custos mínimos superiores a 20 €.

Dicas para transferir dinheiro

Ao mudar-se para Espanha não vai sentir grandes diferenças face a Portugal no que toca às transferências internacionais. Tal como acontece deste lado da fronteira, em Espanha as transferências SEPA podem ser gratuitas nos bancos tradicionais, enquanto as transferências para fora do espaço SEPA implicam comissões elevadas, às quais ainda podem ser acrescentados custos cambiais ou uma taxa de câmbio desfavorável.

Nesse sentido, enviar uma remessa internacional com um operador especializado, como a Wise ou a Revolut é uma alternativa mais rápida e económica que deve considerar.

Conclusão

A proximidade entre Portugal e Espanha e o facto dos dois países serem membros da União Europeia faz com que não vá notar muitas diferenças entre os dois sistemas bancários. Abrir uma conta bancária em Espanha é um processo relativamente simples quando já se tem residência no país.

O processo para não-residentes poderá requerer documentação adicional, mas vale sempre a pena perguntar ao banco se pode abrir a conta com o seu cartão de cidadão português ou simplesmente com o passaporte.

Ao longo deste artigo, tentámos mostrar de forma clara e detalhada tudo o que precisa para abrir uma conta em Espanha: documentos necessários, custos e opções a ter em conta. Esperamos que o ajude a tomar a melhor decisão para a sua carteira.

Abra a sua conta WiseDescubra outros provedores disponíveis

FAQ

Um estrangeiro pode abrir uma conta em Espanha?

Sim, um estrangeiro pode abrir uma conta em Espanha, mesmo que não seja residente.

Quanto custa abrir uma conta bancária em Espanha?

Varia consoante o banco, mas existem opções gratuitas, sobretudo se já tiver residência oficial em Espanha.

Posso abrir uma conta bancária em Espanha online?

Sim, vários bancos permitem fazer a abertura de conta em formato 100% digital.

Posso abrir uma conta bancária em Espanha antes de chegar?

Sim, é possível fazê-lo, mas poderá implicar alguma burocracia, já que as contas para não residentes raramente têm processos de abertura simplificados.

Por Ivo Borges
Atualizado em 17 de novembro de 2022