Transferência internacional Santander: Análise completa 2022

Ao longo deste artigo pode consultar uma análise às vantagens e desvantagens das transferências internacionais Santander, incluindo taxas, prazos, métodos disponíveis e o passo a passo para concluir a sua transferência.

O Santander é o maior privado em atividade em Portugal, segundo vários indicadores, e conta com 3 milhões de clientes e mais de 380 agências no país. Ainda assim, poderá não ser a melhor opção para enviar dinheiro para o estrangeiro, particularmente se pretender enviar remessas para fora da zona SEPA.

Existem várias alternativas aos bancos tradicionais para fazer transferências internacionais de forma mais rápida, simples e económica, como a Wise, a Western Union ou a Xe.

Abra a sua conta WiseDescubra outros operadores digitais

Comparação das transferências internacionais do Santander

A tarifa de transferências internacionais Santander para clientes particulares varia entre 1,25 € e os 6,5 € para as transferências SEPA, conforme o canal escolhido para dar a ordem de transferência. No caso de se tratar de uma transferência imediata o custo varia entre 1,70 € (online e ao telefone sem operador) e os 25 € (ao balcão). A estes custos acresce imposto de selo e 0,53 € de portes.

Já as transferências para fora do espaço SEPA, onde se incluem todos países não europeus, têm uma taxa de 0,35% e um custo mínimo de 15 €, aos quais ainda acrescem os 4% de imposto de selo. Nas transferências feitas ao balcão o custo mínimo sobe para os 29 €.  

O tempo que uma transferência demora a chegar ao destino também tende a ser mais demorado com o Santander do que com operadores especializados. No caso das transferências não SEPA, o banco só permite fazer transferências urgentes ao balcão, com um custo elevado (35 €). Por outro lado, operadores como a Wise, a XE, ou a Western Union têm várias rotas com transferências imediatas disponíveis, que podem ser feitas online, de forma bastante mais económica.

É frequente os custos totais das transferências internacionais não serem transparentes. A razão são os custos escondidos na taxa de câmbio. Desta forma, mesmo que um operador apresente uma tarifa 0 € para uma dada da transferência, é possível que o custo final seja mais elevado do que noutro operador com uma tarifa mais elevada. Isto porque a taxa de câmbio aplicada pode ter uma margem maior que afeta significativamente o valor que vai ser recebido no destino.

O custo final de uma transferência internacional é composto por dois componentes:

  • Tarifa da transferência

  • Margem sobre a taxa de câmbio comercial

Na tabela abaixo pode comparar os custos e tempos de envio para o envio de 1000 € para os Estados Unidos em diferentes operadores, nas transferências online.

Comparação - Transferência 1000 € para os Estados Unidos

OperadorCusto totalEntrega da transferência

Santander

15,60 € + taxa de câmbio de referência do Banco de Portugal3-5 dias úteis
Western Union2,90 € + margem sobre a taxa de câmbio comercial0-2 dias úteis
Wise5,41 € (não é aplicada margem sobre a taxa de câmbio)2 dias (possibilidade de entregar em apenas um dia com tarifa extra)
Xe0 € + margem sobre a taxa de câmbio comercial1 dia

Simulações feitas a 14.09.2022

O operador ideal para uma remessa depende da urgência da operação, montante a enviar e país de destino da transferência. Caso tenha urgência em que a sua transferência chegue ao destino, há opções mais eficientes que o Santander, como pode verificar na tabela acima. Tanto a Wise, como Western Union e Xe garantem transferências mais rápidas para os Estados Unidos

No que toca a custos, tudo depende do valor da transferência e do país de destino, mas os operadores especializados são frequentemente mais competitivos. Na simulação realizada, as diferenças de custos são significativas, mas também a taxa de câmbio aplicada por cada um dos operadores vai desempenhar um papel crucial, daí a importância de simular antecipadamente a sua transferência. No caso da Wise, antecipar os custos é mais fácil por não haver margem sobre a taxa de câmbio.

A simplicidade de processos também é uma vantagem dos operadores especializados, que permitem dar uma ordem de transferência online rapidamente, sem necessidade de contratar outros serviços.

Abra a sua conta WiseDescubra outros operadores disponíveis

Taxas das transferências internacionais do Santander

As taxas, tarifas e custos mínimos aplicados às transferências internacionais do Santander variam em função do método escolhido para dar a ordem de transferência, mas também de acordo com o modelo de transferência escolhido.

Na modalidade OUR, as comissões bancárias ficam a cargo de quem envia a transferência. No modelo SHA as despesas são partilhadas entre ordenante e beneficiário. Finalmente, no modelo BEN é o beneficiário da transferência a arcar com o custo das comissões, que são debitadas do valor a receber.


OnlineTelefoneBalcão
Transferência SEPA < 100 000 €1,25 €6,5 €6,5 €
Transferências SEPA imediatas (máximo 25 000 €)1,70 €12,50 €25 €
Transferência SEPA ≥ 100 000 €n.a.n.a.33,40 €
Transferência não SEPA em modelo SHA ou BEN0,25% (custo mínimo de 15 €)n.a.0,25% (custo mínimo de 25 €)
Transferências não SEPA em modelo OUR0,35% (custo mínimo de 15 €)n.a.0,35% (custo mínimo de 29 €)

A todas as taxas acrescem os 4% de imposto de selo + 0,53 € de portes nas transferências SEPA

A taxa de câmbio do Santander

A taxa de câmbio aplicada pelo Santander nas transferências internacionais baseia-se na taxa de referência do Banco de Portugal, que é atualizada diariamente durante os dias úteis.

Esta taxa de referência tem a vantagem de não ter margens de lucro, ao contrário do que é praticado por outros operadores. Por outro lado, o facto desta taxa só ser atualizada uma vez por dia e apenas durante os dias úteis tem a desvantagem de não permitir aproveitar períodos curtos de taxas favoráveis que ocorram, por exemplo, a um sábado ou ao final do dia. E por muito pequenas que estas diferenças possam parecer, é importante ter em conta que uma diferença de 1 cêntimo na taxa de câmbio altera em 100 € uma remessa de 10 000 €.

Comparando as tarifas e taxas de câmbio de uma transferência de 1000 € para os Estados Unidos, estes são os valores que deve ter em conta:

Taxas adicionais do Santander

Para além das tarifas base, há outros custos a considerar nas transferências internacionais Santander:

  • Imposto de selo de 4% (aplica-se sobre as comissões do banco)

  • Portes no valor de 0,53 € nas transferências SEPA

  • Custos de telecomunicação nas transferências não SEPA, devido aos intermediários envolvidos neste tipo de operações

Os custos de telecomunicações são difíceis de antecipar e podem encarecer consideravelmente uma transferência.

Quanto tempo demora uma transferência internacional com o Santander?

Enviar dinheiro para fora do espaço SEPA com o Santander pode ter prazos variados, conforme o país de destino e montante em causa. Como o banco usa a rede SWIFT para movimentar dinheiro fora da Europa, está dependente de intermediários que podem atrasar e encarecer a transferência.

No caso específico das transferências de Portugal para os Estados Unidos, simuladas nas secções anteriores, o Santander refere o prazo de 3 a 5 dias úteis como o período mais provável com que deve contar para a sua remessa chegar ao destino.

No caso das transferências SEPA, existe um sistema uniformizado de regras em todos países aderentes, que faz com que as transferências cheguem ao destino no dia útil seguinte àquele em que o banco recebe a ordem de transferência.

Focando-nos novamente na transferência de 1000 € de Portugal para os Estados Unidos, estes seriam os prazos expectáveis em diferentes operadores:

  • Santander: 3-5 dias úteis

  • Western Union: 0-2 dias úteis

  • Wise: 1-2 dias

  • Xe: 1 dia

Vantagens e desvantagens das transferências internacionais do Santander

O Santander apresenta as seguintes vantagens nos seus envios de dinheiro para o estrangeiro:

  • Possibilidade comprar pacotes de transferências SEPA imediatas

  • Rede alargada de balcões e meios disponíveis para dar ordens de transferência

  • Instituição sólida e credível

  • Transferências SEPA competitivas (gratuitas para certos tipos de conta)

Por outro lado, entre as desvantagens de fazer transferências internacionais com o Santander, destacam-se:

  • Custo mínimos elevados para enviar dinheiro para fora do espaço SEPA

  • Grande disparidade de tarifas entre os várias formas de movimentação de conta (ao balcão as tarifas são particularmente elevadas)

  • Impossibilidade de fazer uma transferência sem ser cliente do banco

  • Transferências imediatas indisponíveis fora do espaço SEPA

A impossibilidade de simular uma transferência internacional com o Santander online, de forma simples e prática,  impede uma comparação mais detalhada com os operadores especializados. Tanto Wise, como Western Union e Xe, permitem antecipar custos, dinheiro a ser recebido no destino e tempo de envio, que é frequentemente mais curto que nas transferências Santander.

O custo mínimo elevado nas transferências não SEPA, juntamente com o recurso a intermediários para o envio da remessa, acaba por ser uma grande desvantagem para quem procura transferências rápidas e competitivas.

Abra a sua conta WiseDescubra os operadores disponíveis

Como fazer uma transferência internacional com o Santander?

No banco Santander pode enviar dinheiro para o estrangeiro através de três métodos diferentes:

  • Online 

  • Por telefone

  • Num balcão do banco

Antes de concretizar a operação é essencial saber o nome do titular da conta de destino, bem como IBAN e o código BIC SWIFT para garantir que tudo corre como o previsto. Verifique também que tem saldo suficiente na sua conta para poder pagar não só o montante que quer transferir, mas também as tarifas de transferência. 

Caso pretenda fazer a sua transferência online, na App Santander ou pelo NetBanco, garanta que sabe os códigos de segurança e siga estes passos:

  1. Introduza o seu nome de utilizador e código de acesso;

  2. No menu, clique em “Transferências”;

  3. Introduza os dados da transferência (IBAN, titular de conta e montante a transferir);

  4. Verifique se toda a informação está correta;

  5. Confirme a transferência.

Para fazer a transferência por telefone ligue para a linha de apoio do Santander (+351 217 807 364) e siga as indicações que lhe forem dadas. Da mesma forma, se preferir fazer a sua transferência ao balcão, dirija-se à agência Santander mais conveniente para si e trate da transferência com um representante do banco.

Qual a informação necessária para fazer uma transferência internacional com o Santander?

  • Montante total que deve ser enviado

  • Nome do titular da conta de destino

  • IBAN e BIC SWIFT da conta de destino

Limites de transferências no Santander

As transferências imediatas (SEPA) do Santander têm um limite de 25 000 €. 

Já as transferências superiores a 100 000 € só podem ser feitas ao balcão. Teoricamente, ao balcão não existem limites das transferências, mas isto é algo que pode discutir com um representante do banco dependendo da remessa específica que pretende fazer.

Receber dinheiro do estrangeiro com o Santander

As transferências internacionais recebidas numa conta Santander podem implicar comissões bancárias, caso o ordenante opte pelos modelos de transferência SHA (custos partilhados entre ordenante e beneficiário) ou BEN (comissões suportadas na totalidade pelo beneficiário). No modelo OUR todas as comissões deverão ficar a cargo do ordenante da transferência.

Na eventualidade de solicitar a anulação, retificação ou investigação a uma transferência recebida, vai incorrer numa comissão de 48,80€, acrescida do imposto de selo de 4%,

Código SWIFT do Santander

É importante conhecer o código SWIFT do Santander em Portugal, caso queira enviar uma transferência para uma conta do banco ou precise de partilhá-lo com alguém que vá fazer essa mesma transferência. 

O código SWIFT do Santander é o seguinte:

TOTAPTPLXXX

Este é o código usado por bancos em todo o mundo para identificar instituições e agências bancárias. Apesar de muitos sistemas de online banking conseguirem calcular automaticamente o código SWIFT a partir do IBAN, é sempre bom conseguir verificar que tudo está bem.

Conclusão

Quem tem uma conta bancária no Santander vai naturalmente considerar fazer as suas transferências internacionais com o banco. É uma opção sólida e com grande disponibilidade de meios para o atender e esclarecer as suas dúvidas. No entanto, esta pode ser uma solução cara e demorada, sobretudo quando falamos de transferências para fora do espaço SEPA.

Neste artigo tentámos apresentar as principais vantagens e desvantagens de movimentar dinheiro para o estrangeiro com o banco, com comparações específicas que pode consultar nas secções anteriores. Ao mesmo tempo, apresentamos algumas alternativas competitivas, como a Wise, a Western Union e a Xe, caso tenha urgência ou procure uma opção mais barata para a sua remessa.

Abra a sua conta WiseDescubra mais sobre a Xe

FAQ

Quanto custa uma transferência internacional Santander?

As transferências para fora do espaço SEPA têm uma comissão de 0,35% (mais imposto de selo) e um custo mínimo de 15 €, caso faça a transferência online no modelo OUR.

Quanto tempo demora uma transferência internacional Santander?

Devido aos intermediários envolvidos numa transferência Santander, é difícil antecipar o tempo exato, mas passado uma semana o seu dinheiro já deverá ter chegado ao destino, na maioria dos casos.

Como posso fazer uma transferência internacional com o Santander?

Pode fazer a transferência online, na aplicação ou site do banco, e também por telefone ou ao balcão, numa agência Santander.

Por Lucia Martin
Atualizado em 22 de setembro de 2022